quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Poesia perdida.. ou.. qualquer outra coisa

O fogo consome-se,
O fogo consome-nos...
Porque somos consumidos...
E destruídos...
Porque deixa provas,
Marcas e vestígios...
Porque causa feridas...
E atrai abismos...

Os abismos fascinam..
Os abismos desafiam..
E por lá ficamos..
E por lá caímos..
Ficam as marcas..
Ficam as feridas..

Feridas que só Tu curas..
Sim, Tu!
Tu meu amigo, irmão, paixão..
Sejas tu quem fores..
É por ti que espero..
É a ti que quero..
A solidão não é solução..
Mas a união é confusão...

E então?!

5 comentários:

pom disse...

esta muito bonito sim senhora dartacao, é para engatares a julieta ahah :D

millady baiona disse...

muito lindo santa lool
pom não é julieta são as Julietas hahhahahhahah

pom disse...

ahahahah pois é, perdao pelo meu lapso :D

pom disse...

e com este post surge uma nova categoria neste blog: poesia perdida ahahah :D
a ver se poes mais dartachien lol

mean_machine disse...

vais obrigar.me a por aki os meus poemas, nesta nova categoria? =P