quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Música Perdida...


Legenda: nascer do dia, na praia de Matosinhos, depois de uma longa noite de queima..
Bem.. pude constatar que o meu caro amigo postou (yupiii), bem.. ahaha como amanhã vou pro Porto, tecnicamente, para uma despedida..

Ora, a vida universitária tem destas coisas, que sempre chegam mais cedo do que parecem.. depois de um mês intenso, escavações, convivio e divertimento, eis que é hora de quase retomar a bagagem e regressar à estrada do estudante..
Bem, deixando os rodeios, há que vá (Erasmus) e quem fique.. e por muito pouco que um ano possa parecer, há anos que valem por muito.. há pessoas que conhecemos num ano e que não vão sair da nossa vida.. há outras, que vivem quase toda a vida connosco mas.. efectivamente não nos conhecem.. é a vida..

Bem.. Nisto.. Voltamos a Jorge Palma.. pois bem..

"Não estou com grande disposição
p'ra outra enorme discussão
tu dizes que agora é de vez
fico a pensar nos porquês
nós ambos temos opiniões
fraquezas nos corações
as lágrimas cheias de sal
não lavam o nosso mal

e eu só quero ver-te rir feliz
dar cambalhotas no lençol
mas torces o nariz e lá se vai o sol

dizes vermelho, respondo azul
se vou para norte, vais para sul
mas tenho de te convencer
que, às vezes, também posso...

ter razão!
também mereço ter razão
vai por mim
sou capaz de te mostrar a luz
e depois regressamos os dois
à escuridão

Se eu telefono, estás a falar
ou pensas que é p'ra resmungar
mas quando queres saber de mim
transformas-te em querubim
quero ir para a cama e tu queres sair
se quero beijos, queres dormir
se te apetece conversar
estou numa de meditar

e tu só queres ver-me rir feliz
dar cambalhotas no lençol
mas torço o meu nariz e lá se vai o sol

dizes que sou chato e rezingão
se digo sim, tu dizes não
como é que te vou convencer
que, às vezes, também podes...

(Escuridão)

ter razão!
também mereces ter razão
vai por mim
és capaz de me mostrar a luz
e depois regressamos os dois
à escuridão

Atenção!
os dois podemos ter razão
vai por mim
há momentos em que se faz luz
e depois regressamos os dois
à escuridão"

ok.. discussões.. problemas.. arrependimentos e definições? - o passado foi à história.. cá estamos nós outra vez.. (e lidar com reencontros?!)
Mas.. o ideial.. era ficarem felizes.. (ai, humanos complicados..)
E depois, mania de contrariar.. pois claro :) (isto das personalidades fortes..)
Os dois a ter razão.. a luz.. a escuridão (que animação :p)
voltamos a divergir.. (ui ui..)
"e tu só queres ver-me rir feliz.."
Mas agora os dois a ter razão.. a luz.. a escuridão..

Pois é.. coisinhas complicadas estas relações.. se digo sim, dizes não.. mas.. "se alguma vez te parecer ouvir coisas sem sentido, não ligues sou eu a dizer, que quero ficar contigo".. mas e então, correndo mal e depois?
ok, dúvida.. porque que corre mal, há culpados, são amigos, conhecidos? E depois, o que é que acontece? há perdão? há confiança? há alguma coisa?

ok, confesso que estas dúvidas existênciais têm todas um triste fundamento.. mas.. cheira-me a mim que esta coisa dos reencontros é complicada..
reconhecer-te? talvez agora a coisa dê..
É mesmo assim? temos essa capacidade de apagar acontecimentos? Temos capacidade de lidar e viver com isso? Porque a tua cara não é estranha, mas não sei o teu nome?

Bem, querer, conseguir..

*longa reflexão.. :)*

4 comentários:

mean_machine disse...

tas inspirada
deve ser do sono
a postar a ests horas da manha xD

pom disse...

credo oh sara. se tas a falar do que eu tou a pensar bem te compreendo, que coisa.
e isto das despedidas ui, nem me digas nada.
e essa musica é demais huhu

pom disse...

ahhh e as longas noites da queima ahahahah :D. fotos muito inspiradas aquela hora da manha

pom disse...

ahahahahah aparece ali a minha cabeça e a do luis XIV ao canto inferior direito ahahah inda nao tinha reparado. tamos ali a estragar-te a foto poetique :p