terça-feira, 1 de julho de 2008

Música Perdida

Bem.. depois de secas, informações desportivas e culturais.. a música regressa.. e... espero eu.. que se torne mais frequente e diversificada depois de 5ª..(Férias.. espero eu.. lol)

Seguem-se meses desportivos e culturais.. entretanto.. a fundação La Salette tem uns cursos didáticos que podem ser consultados no site.. (hei-de falar deles).. E também decorrem inscrições para Voluntariado de protecção e prevenção das florestas...

Devo ainda dizer que há nomes de ciclistas muiiito sinistros.. e que.. assim sendo, também serão alvo de um pequeno grande estudo nos próximos tempos - quando me livrar do vitó.. lol :)

Assim sendo.. a música :)

"Andava eu sem ter onde cair vivo
Fui procurar abrigo nas faces estudadas do senhor Doutor
Ai de mim não era nada daquilo que eu queria
Ninguém se compreendia e eu vi que a coisa ia de mal a pior

Na terra dos sonhos, podes ser quem tu és, ninguém te leva a mal
Na terra dos sonhos toda a gente trata a gente toda por igual
Na terra dos sonhos não há pó nas entre linhas, ninguém se pode enganar
E abre bem os olhos,escuta bem o coração se é que queres ir para lá morar

Andava eu sozinho a tremer de frio
Fui procurar calor e ternura nos braços de uma mulher
Ai! Mas esqueci-me de dar-lhe também um pouco de atenção
E a minha solidão voltou, não me largou a mão um minuto sequer

Na terra dos sonhos, podes ser quem tu és, ninguém te leva a mal
Na terra dos sonhos toda a gente trata a gente toda por igual
Na terra dos sonhos não há pó nas entre linhas, ninguém se pode enganar
E abre bem os olhos, escuta bem o coração se é que queres ir para lá morar

Se queres ver o mundo inteiro à tua altura
Tens de olhar p'ra fora sem esquecer que dentro é que é o teu lugar
E se às duas por três vires que perdeste o balanço
Não penses em descanso, está ao teu alcance tens de o encontrar

Na terra dos sonhos, podes ser quem tu és, ninguém te leva a mal
Na terra dos sonhos toda a gente trata a gente toda por igual
Na terra dos sonhos não há pó nas entre linhas, ninguém se pode enganar
E abre bem os olhos, escuta bem o coração se é que queres ir para lá morar"

Jorge Palma - Na Terra dos Sonhos


Problema 1: falta de compreensão.. não era aquilo que ele queria..
Solução: terra dos sonhos - ser quem se é.. escutar o coração.. igualdade, respeito..

Problema 2: Solidão - Egoismo..
Solução: Terra dos Sonhos..

Moral da história: é preciso sonhar.. mas sem esquecer "que dentro é que é o teu lugar".. os obstáculos superam-se, o balanço recupera-se, está ao teu alcance, tu vais encontrá-lo.. Sonha!

2 comentários:

vanessa disse...

credo q post tao inspirado, ate m'emocionei ahahah.uhuhuhuhu

mean_machine disse...

la voltou ela com o JP
e bome studo, oh menina sem paciencia xD