sexta-feira, 11 de julho de 2008

O Estado da nação - arqueologia perdida...


Pois bem, devo dizer que.. para além de tudo o resto a arqueologia é, de facto, uma ciência que se encontra em total perdição...


Entre os vários motivos, podemos destacar o que actualmente preocupa a comunidade arqueologica de forma mais sinistra: o futuro das instalações do ex-Ipa e restantes associados.. Portanto.. bonito.. vamos fazer um belo e amarelo museu dos coches e mandar pastar o que ao passado pertence.. ou devia pertencer..

Qual o futuro para publicações únicas? Bem, não sei, talvez alguém saiba.. mas é uma incerteza preocupante.. uma nação cultural como Portugal com um problema destes? Onde é que isto já se viu.. O mundo tá perdido...




Mas.. não pensem que acabou.. o drama.. o horror.. bem.. Miguel Sousa Tavares disse, há uns tempos que as gravuras do vale do Côa deviam ter entre 300 e 30 anos..

Ultrapassando a parte do: cientificamente provado que são gravuras do Paleolítico Superior..

Para além dos enúmeros estudos e cientistas que já estudaram as ditas cujas gravuras..

Para além de todo o trabalho feito (apesar das restrições económicas) no local..


Não se deveria construir a barragem no Côa e deixar o Sabor selvagem?

Obviamente que temos um problema.. Portanto.. rio selvagem há um, aquele e mais nenhum..

Colocaria a questão de outra forma.. qual a necessidade de mais uma barragem? Será o controlar de caudal porque ah e tal é preciso.. ou ah e tal é preciso dar mais dinheiro a empresas energéticas? hm?


Bem.. voltando às alegações justificativas à barragem no Côa..

Porque não retirar as gravuras do local, enfiá-las num museu e submergir o sítio?

Bem.. tirando o muito que falta descobrir, tirando a especificidade das gravuras, amplitude e grandeza.. que arqueologia seria a nossa ao destruir contextos, significados e simbolismos?

Claro que seria bonito cortar xisto, enfiar num museu, ou nas reservas dum museu.. muito interessante não fosse a arqueologia e o património arqueológico a paisagem, não fosse esta o vestígio da ocupação humana..


Sabem que mais? O mundo está perdido.. e parece que nada escapa..

2 comentários:

dani baiona disse...

Miguel Sousa Tavares, comnetários de alguem que nk esteve no local...

ainda bem como k é como se diz na giria "vozes de burro não chegam ao ceu"...

loool

vanessa disse...

esse miguel sousa tavares é um bronco. tem a boca torta e tudo. ca nojo de homem.