quinta-feira, 12 de junho de 2008

Música Perdida - o regresso

Depois de se ter ausentado temporáriamente.. a crónica está de volta com musica mais sinistra que o normal, devido ao acumular de um conjunto sinistro e assustador de situações..
um.. rum.. exame, portanto ahha
Tava a dar o Tour do ano passado no metro.. ahah
E finalmente, comprei umas tilhas? são sapatilhas ahahha
Vou portanto iniciar o belo estudo.. para a última cadeira a fazer na vida.. ahhaha

Bem.. quanto ao ciclismo perdido.. O Boonen lá pediu desculpa pelo consumo de coca, mas...
E a UCI supendeu a FFC (Federação Francesa de Ciclismo) porque estes permitiram que a ASO organiza-se o Paris-Nice e o Tour.. Ora, mais uma modalidade perdida?

Entretanto, o meu carissímo amigo Jorge, digou-se a criar um blog, desportivo, futebolístico, euristico.. Não seja por isso, passo a divulgar: http://tacticadolosango.blogspot.com/ passem por lá, e nunca digam que ele tem razão.. Mas como há um hiato fóssil do Euro neste blog (já que o SRº Arbitro anda com outras prioridades.. ahah), o do Jó sempre diz asneiras ahah

Bem, finalmente, a Música...

"Hoje acordaste de uma forma diferente dos outros dias
sentes-te estranho tens as mãos húmidas e frias
tentas lembrar-te de algum pesadelo mas o esforço é em vão
parece-te ouvir passos dentro de casa mas não sabes de quem são

Deixas o quarto e vais a sala espreitar atrás do sofá
mas aí tu já suspeitas que os fantasmas não estão lá
vais a janela e ao olhares p'ra fora sentes que perdeste o teu centro
e de repente descobres que chegou a hora de olhares para dentro

Porque há qualquer coisa que não bate certo
qualquer coisa que deixaste para trás em aberto
qualquer coisa que te impede de te veres ao espelho nu
e não podes deixar de sentir que o culpado és tu

Vês o teu nome escrito num envelope que rasgas nervosamente
tu já tinhas lido essa carta antecipadamente
e os teus olhos ignoram as letras e fixam as entrelinhas
e exclamas: Mas afinal... estas palavras são minhas!

O caminho p'ra trás está vedado e tens um muro a tua frente
quando olhas p'ros lados vês a mobília indiferente
e abandonas essa casa onde sentiste o chão a fugir
arquitectas outra morada, mas sabes que estas a mentir"

Jorge Palma - Balada de um estranho

Chama-se mania da perseguição.. há quem viva com ela, há quem não a tolere, há quem a ignore.. eu.. simplemente, tenho dias ahah
Não há fantasminhas em casa, há em nós.. sinistro?
A culpa, a perseguição, o drama e o horror.. assuntos mal resolvidos, abertos e que não batem certo não...
e.. afinal.. as palavras são "minhas"...
O passado, não volta;
O futuro, não alcanças;
O presente foge;
Precisas de mudanças...

*

2 comentários:

mean_machine disse...

deixa o sr arbitro afogar as suas magoas =P

vanessa disse...

ja passa das 4h e ainda ando eu a estudar pa susana ahahah