sexta-feira, 20 de novembro de 2009

E Sábado é dia de Taça!





E vai daí que hoje é dia de Taça de Portugal a sério no Estádio Carlos Osório, em Oliveira de Azeméis. Pois é, a Oliveirense recebe o tetracampeão nacional (e segundo ele, único representante digno de Portugal na Europa, no Mundo e na Selecção - até parece que o Meireles e o Bruno Alves jogam sozinhos...) Porto e as coisas não podiam estar mais quentes.

Passou-se a semana a falar do estado lastimável do relvado (que é verdade), da clara falta de segurança do recinto (que é óbvia) e dos problemas de monitorização da área (que também me parece bastante legítimo apontar) mas apesar de tudo ninguém se lembra que é o que temos, e o que temos é aparentemente bom para a Liga Vitalis, para a LPFP e para a FPF. E além do mais, há aí equipas nesta Taça que já jogaram em sítios piores. Agora o Porto é mais que os outros para não jogar aqui?

Esperemos no que vai dar esta história. Uma coisa é certa, a Oliveirense nunca teve tanta publicidade como nestes dias. Jesualdo Ferreira lançou a partida hoje em típica jogada de bastidores, a pedir protecção para a condição física dos seus jogadores (que têm mais competições para participar), a incitar os portistas a não se deslocar ao estádio em protesto e a comparar o jogo de Portugal na Bósnia com este. Enfim. Está com medo de perder? Ou com medo dos Super Dragões os atacarem se não jogarem nada (como, aliás, têm vindo a fazer desde Setembro?)

Nem digo mais nada. Peço a Deus que não chova, que não haja problemas no estádio, que ninguém se magoe, que seja um bom jogo de futebol e que... a Oliveirense possa ganhar, porque não? Podemos sonhar...






Só para deixar aqui uns apartes cinematográficos...

. Saiu o trailer de «Invictus» e um novo trailer de «Nine» que aqui postarei em devido tempo.

. Vi 500 Days of Summer e gostei. Muitíssimo. Dos melhores do ano.
. Também vi 2012. Que miséria. E vai ganhar rios de dinheiro, o que por consequência dará livre arbítrio ao sr. Roland Emmerich de voltar a destruir o cinema.
. Incito-vos a todos a ver MOON para verem o desempenho fenomenal de Sam Rockwell. Merecia mais atenção. Diacho, até merecia ser nomeado para alguns prémios.
. Precious a coleccionar mais um prémio, desta feita do PGA, a juntar aos de Sundance e Toronto. É o claro cabecilha na corrida aos Óscares.
. Carey Mulligan a perder vapor na luta pela estatueta de Melhor Actriz, com agradavelmente Meryl Streep a subir em favoritismo. Gabby Sidibe tem sido quem mais tem ajudado Streep, ao roubar o buzz de Mulligan.
. Já saiu a lista dos 15 documentários finalistas na corrida ao Óscar de Melhor Documentário e as maiores surpresas são a exclusão de Anvil! A Story of Anvil e Capitalism: A Love Story (este de Michael Moore). Esperemos que o nosso João Salaviza possa ter chance de lutar pelo Óscar de Melhor Curta-Metragem. Mais detalhes sobre o assunto quando sair mais informação.
. Agora um assunto que não esquecerei tão rápido: os recipientes dos Óscares honorários este ano são Lauren Bacall, Gordon Willis e Roger Corman e não houve cerimónia transmitida na televisão. É uma vergonha. Era um orgulho eles surgiram na noite dos Óscares, era uma forma de juntar a velha guarda à modernidade, fazer Hollywood salvar com palmas a sua história. Assim... é uma tristeza.
. Saiu o trailer de «Crazy Heart» e tenho de dizer: bem-vindo Jeff Bridges à luta pelo Melhor Actor.
. N.B. para mim: tenho de reservar o filme 4 Months, 3 Weeks and 2 Days para ver. É um dos poucos de 2007 que não vi e preciso de ver pois dizem ser o filme do ano.

5 comentários:

Joana Vaz disse...

2012, esgotou bilhetes em minutos, prometeu “alarmar” a população, mas que desastre! Exageradamente surreal… só se preocuparam com os efeitos especiais e o argumento?! Ai que dinheiro tão mal empregue…

Moon, esse sim com um argumento decente. Sam Rockwell tem um desempenho incrível. (Ele tem dom para papéis meios lunáticos…)

500 Days of Summer é lindo! Começa logo em grande com uma cena típica dos desfechos! E pudermos ver duas acções ao mesmo tempo na tela (expectativas/realidade)… que inovador:)
As músicas de Regina Spektor “us” e “hero” estão perfeitas no filme!;):)

Julie & Julia conseguiu ser melhor do que o livro, o que não é muito comum!:) É um pouco longo, mas cativante! E aguça o apetite!(lol) Com pena minha, não acabou com a tal frase…
Meryl Streep esteve brilhantemente naquela altiva Julia!

Jorge Filipe disse...

E pronto, com aquele relvado maravilha... Não há jogo. Que seria, de resto, expectável x)

Sara Almeida Silva disse...

Portanto, aguardemos melhores dias para o belo do relvado ritual, que ainda por lá subsiste..

Anónimo disse...

Boas!
Quanto ao belo jogo, que se irá realizar talvez em Janeiro, devo acrescentar que para além dos jogadores e equipa técnica do FCP, também o árbitro temeu pela sua integridade física. O que não me parece mal, pois, como disse o Sr. Presidente, a Oliveirense está a precisar de um estádio melhor. Se o FC Porto quiser contribuir com um "pequeno" donativo... o povo Oliveirense agradece!! Assim, ficamos todos contentes!
Já agora.. não vale a pena fazer muita fita, porque a UDO não tem dinheiro para jogar noutro sítio.. Portanto, vão-se mentalizando!!

Quanto a cinema, excepcionalmente, fui ver o 2012 e.. pronto.. é mais um filme catástrofe.. é um daqueles filmes para passar o tempo..

Diana Almeida disse...

Desculpem carreguei no botão errado.. o Anómimo sou eu!! :)